Lactose: Intolerância ou Modismo?!

Hoje em dia há muitas polêmicas no campo da alimentação e uma delas envolve a exclusão do leite da dieta com o intuito de emagrecer ou a alegação de se sentir melhor mas, qual seria a real necessidade de reduzir ou eliminar os lácteos do dia a dia?

A intolerância à lactose é a diminuição da capacidade do organismo de digerir este açúcar presente no leite. Isto ocorre porque a lactase (enzima que “quebra” a lactose) está em quantidade insuficiente por diversos motivos como problemas congênitos, redução natural que ocorre após a adolescência e ao longo da vida ou em decorrências de doenças intestinais como a doença celíaca (*) ou a síndrome do intestino curto. A alergia ao leite é uma resposta do sistema imunológico à sua proteína, enquanto que a intolerância é uma falha no metabolismo.

Ao perceber sintomas como dor abdominal, náusea, gases, diarreia e cólicas após ingerir laticínios, o ideal é procurar um médico gastroenterologista, pois apenas este profissional pode fazer o diagnóstico definitivo desta condição clínica.

Alguns estudos têm associado o consumo do leite de vaca ao aumento da produção de muco, doenças respiratórias como asma e rinite e diabetes no entanto, não há estudos conclusivos que possam embasar esta afirmação. Por outro lado, o leite é a principal fonte de cálcio consumida pela população brasileira e a incidência de osteoporose nos adultos tem aumentado nos últimos anos.

Estar por dentro das principais diferenças entre os queijos brancos e amarelos pode te ajudar a fazer escolhas alimentares mais saudáveis. Clique aqui e saiba mais!

 

Afinal, qual é a melhor decisão a se tomar?

É essencial perceber os sinais do corpo e adequar a sua alimentação às suas necessidades e bem-estar. Por isso, antes de abandonar o leite reflita bem em parceria com o seu médico e nutricionista, pois esta bebida tem a sua importância na dieta.

Alimentos fontes de cálcio que também valem a pena investir são os folhosos verde escuros, brócolis, sardinhas e sementes de girassol entre outros. Saiba que se você é intolerante, tem alergia ou teve a necessidade de reduzir ou eliminar o leite de vaca da dieta, é possível utilizar outros leites de origem vegetal no dia a dia e em preparações culinárias como os leites de arroz, soja e amêndoas. Não se esqueça que cada ciclo da vida tem uma necessidade de cálcio e é importante que este mineral seja fornecido ao seu organismo em quantidade suficiente independente da fonte alimentar a partir do qual ele será adquirido.

(*) com relação à doença celíaca citada no texto, o que ocorre é que ela é uma doença de má absorção, que causa inflamação no intestino na presença do glúten. Sendo assim, a intolerância à lactose pode se manifestar como consequência de uma doença celíaca mal tratada, pois com as microvilosidades intestinais lesadas pela inflamação, a lactose também terá problemas para ser absorvida e permanecerá no organismo intacta levando aos sintomas como diarreia, e desconforto abdominal. Uma é comorbidade da outra, no entanto, não é via de regra que as duas patologias se manifestem juntas, apesar de isto ser comum.

Comments

comments