Artes marciais praticadas por mulheres

Dentre as várias artes marciais praticadas por mulheres podemos destacar algumas e seus respectivos benefícios.

Muay Thai
É conhecida como boxe tailandês e caracteriza-se pelo uso combinado de punhos, cotovelos, joelhos e pés, associado a uma forte preparação física que a torna uma luta de contato total poderosa e eficiente. Ajuda na parte aeróbica como uma maneira de aliviar o stress do dia a dia, a melhora da coordenação e a flexibilidade, além de ser um eficiente meio de defesa pessoal.

Krav Magá
Apesar de não incitarem ao combate, as aulas acabam deixando a mulher mais confiante no dia a dia. A modalidade é reconhecida mundialmente como arte de defesa pessoal. De origem israelense, ela tem feito muito sucesso entre as mulheres, principalmente porque não se baseia na força física para aplicar golpes certeiros e sim na transferência do próprio peso e velocidade máxima do músculo.

Boxe
Ótimo para queimar calorias, conta com um intenso programa de exercícios que melhora o condicionamento cardiorrespiratório: pular corda, proferir golpes em acolchoados e sacos de areia, corrida e exercícios localizados. O treino pode ser feito em dupla ou individualmente, dependendo do objetivo do atleta. Além do ritmo, da coordenação motora e da resistência muscular, o esporte melhora a flexibilidade e gera intensa perda calórica.

Taekwondô
Do coreano, taekwondô significa, literalmente saltar, voar, chutar ou quebrar com o pé (tae), socar ou destruir com os punhos (kwon) e arte, caminho, método (do). Voltado para a defesa pessoal, as técnicas da modalidade envolvem o uso de pés, das mãos e dos punhos, em uma combinação de movimentos do judô, caratê e boxe tailandês. Os exercícios são benéficos para a parte cardiorrespiratória e melhoram a coordenação e a flexibilidade.

Jiu-jitsu
Usando técnicas de autodefesa baseadas nos princípios do equilíbrio, o jiu-jitsu ou “arte suave” era praticado por monges budistas na Índia. A modalidade usa o sistema de articulação do corpo e das alavancas dispensando o uso de força ou de armas. Chegou ao Japão após passar pelo sudeste asiático e pela China. No Brasil, a modalidade foi rebatizada como jiu-jitsu brasileiro, com regras modificadas.

 

Saiba a importância da prática do alongamento na atividade física!

 

Judô
Idealizada no ano de 1882, a filosofia da luta procura integrar corpo e mente. As técnicas usam os músculos e a velocidade de raciocínio para vencer o oponente. Segundo o mestre Kano, fundador do judô, a vitória representa um fortalecimento
espiritual: “não é suficiente apenas aprender como lutar com perfeição, antes é necessário tornar-se um grande ser humano”.

Aikido
O Aikido é uma Arte Marcial puramente defensiva que se difere das demais por não existir o espírito de combate ou competições, não sendo violento ou tão pouco agressivo. No Aikidô as mulheres se destacam pela sua facilidade no aprendizado, principalmente, devido ao conceito de não utilizar força para dominar o adversário, conceito esse que é mais difícil de ser absorvido pelos homens. Ao estudar esta arte aprende-se a não utilizar a força muscular, mas sim, desenvolver e utilizar a força interna. Por este motivo no Japão, Canadá e Europa o Aikido é muito popular entre as mulheres por suas técnicas não utilizarem a força física para sua eficácia.

Hapkido
Hapkidô ou Hapkido é uma arte marcial coreana especializada em defesa pessoal e aprendizado de técnicas de socos, chutes, rolamentos, escapes, esquivas e torções, além de englobar técnicas com armas diversas como bastões, espadas, bengalas, facas, leques, e também ensinar seus praticantes a auto defesa com praticamente qualquer objeto. Atualmente as mulheres vêm se tornando uma cena das mais comuns em diversas academias de Hapkido, razão pela qual não é necessário força física para aplicação das suas técnicas, o que torna essa arte ideal também para o sexo feminino.

Além da eficaz defesa pessoal, os exercícios do Hapkido, proporcionam uma boa condição física, fortalecendo os seus sentidos, suas articulações e o equilíbrio das funções cardiovasculares, ajudam a evitar o sobrepeso e a obesidade, sem deixar o corpo masculinizado, assegurando a sua beleza e feminilidade.

Comments

comments