Recomendações nutricionais para pessoas com pressão alta

A ciência já vem demonstrando que alguns hábitos e atitudes do cotidiano se relacionam com o aumento da pressão arterial. A alimentação ocupa um papel de destaque tanto na prevenção como no tratamento da Hipertensão Arterial Sistêmica.

Várias modificações dietéticas são capazes de promover benefícios no controle pressórico.

Neste sentido, o Ministério da Saúde divulgou os “Dez passos para uma alimentação saudável para pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica”. São eles:

 

  1. Procure usar o mínimo de sal no preparo dos alimentos. Recomenda-se para indivíduos hipertensos 4 g de sal por dia (uma colher de chá), considerando todas as refeições.

 

  1. Para não exagerar no consumo de sal, evite deixar o saleiro na mesa. A comida já contem o sal necessário!

 

  1. Leia sempre o rótulo dos alimentos verificando a quantidade de sódio presente (limite diário: 2 g de sódio).

 

  1. Prefira temperos naturais como alho, cebola, limão, cebolinha, salsinha, açafrão, orégano, manjericão, coentro, cominho, páprica, sálvia, entre outros. Evite o uso de temperos prontos, como caldos de carnes e de legumes, e sopas industrializadas. Atenção também para o aditivo glutamato monossódico, utilizado em alguns condimentos e nas sopas industrializadas, pois esses alimentos, em geral, contêm muito sódio.

 

  1. Alimentos industrializados como embutidos (salsicha, salame, presunto, linguiça e bife de hambúrguer), enlatados (milho, palmito, ervilha, etc.), molhos (ketchup, mostarda, maionese etc.) e carnes salgadas (bacalhau, charque, carne seca e defumados) devem ser evitados, porque são ricos em gordura e sal.

Prevenir a hipertensão arterial é uma escolha. Só depende de você! Saiba como fazer o sal de ervas para temperar suas refeições com menos sódio e mais sabor!

  1. Diminua o consumo de gordura. Use óleo vegetal com moderação e dê preferencia aos alimentos cozidos, assados e/ou grelhados.

 

  1. Procure evitar a ingestão excessiva de bebidas alcoólicas e o uso de cigarros, pois eles contribuem para a elevação da pressão arterial.

 

  1. Consuma diariamente pelo menos três porções de frutas e hortaliças (uma porção = 1 laranja média, 1 maça média ou 1 fatia de abacaxi). Dê preferência a alimentos integrais como pães, cereais e massas, pois são ricos em fibras, vitaminas e minerais.

 

  1. Procure fazer atividade física com orientação de um profissional capacitado.

 

  1. Mantenha o seu peso saudável. O excesso de peso contribui para o desenvolvimento da pressão arterial.

 

A hipertensão é altamente prevalente na população e você já pode adotar medidas para preveni-la. Cuide bem da sua saúde.

Fonte: Ministério da Saúde, 2013.

 

Mariana Sato

Médica formada pela Universidade de São Paulo, especializada em Medicina de Família e comunidade pela Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. Mestre em Humanização e Saúde pelo Departamento de Medicina Preventiva da Universidade de São Paulo. Tem experiência em assistência médica com ênfase na prevenção e promoção à saúde, no contexto da atenção primária.

 

Comments

comments