Prevenção de lesões na corrida

Como prevenir lesões na corrida

Correr é um exercício muito popular, atualmente. Além dos inegáveis benefícios desta prática, é importante compreender se há riscos à saúde associados.

 De acordo com as últimas pesquisas científicas, mais da metade de corredores regulares referem lesões anualmente. Algumas lesões são traumáticas, mas a maioria são decorrentes do excesso de atividades. Os diagnósticos mais comuns são: dor patelo-femoral, fascite plantar e fratura de stress do metatarso e da tíbia.

  A ocorrência das lesões tem causas múltiplas. Alguns fatores de risco claramente associados são: história de lesão prévia por corrida; alta quilometragem percorrida e obesidade.

Confira dicas exclusivas para alcançar suas metas na corrida!

  Outros fatores de risco parecem também contribuir com a ocorrência de lesões: características anatômicas do aparelho locomotor; gênero (por exemplo: mulheres teriam maior risco para fratura do stress) e idade (por exemplo, indivíduos com menos de 34 anos teriam maior risco para o desenvolvimento de dor patelo-femoral).

  Para reduzir o risco de lesões,  é importante seguir um plano de treinos que busque proteger o indivíduo contra a sobrecarga através da determinação de parâmetros de volume de intensidade adequados para a prática. Orientações nutricionais complementares também são benéficas.  As evidências científicas são inconclusivas quanto tipo de calçados e quanto ao alongamento.

  Com estas precauções, é possível minimizar os riscos de lesões durante a sua corrida.

 

Fonte:

Uptodate (agosto de 2017) Disponível em: https://www.uptodate.com/contents/overview-of-running-injuries-of-the-lower-extremity?source=search_result&search=artrose%20corrida&selectedTitle=3~150#H38751164

Comments

comments