Exercícios em grandes cidades

A poluição do ar é um problema cada vez mais importante, sobretudo nas grandes cidades como São Paulo. Nas últimas décadas, pesquisadores têm demonstrado que a poluição causa impacto na saúde e na qualidade de vida das pessoas. A exposição aos poluentes pode levar ao maior risco de desenvolver doenças cardiovasculares, respiratórias, infecciosas e câncer de pulmão.

 

A prática de exercícios físicos provoca aumento da velocidade do ar inspirado e da diminuição da capacidade de filtrar as partículas inaladas presentes ar, o que poderia acarretar danos à saúde se realizada em ambientes com altas concentrações de poluentes.

 

Entretanto, os estudos científicos têm demonstrado que os benefícios da prática esportiva superam os malefícios da exposição aos poluentes. Além da prevenção contra o desenvolvimento de doenças crônicas, as atividades físicas provocam um efeito anti-inflamatório que exerceria um efeito protetor inclusive contra os impactos causados pelos próprios poluentes. Ou seja, em locais poluídos, é pior ser sedentário.

Você sabia que praticar exercícios físicos regularmente previne contra a depressão?! Confira!

Seguem algumas orientações sobre a realização de exercícios físicos nas grandes cidades:

 

  • Considere a sua rota e localização: dê preferência para locais com menor emissão de poluentes como parques, por exemplo.
  • Mantenha uma distância saudável das ruas: quanto mais movimentada a rua, maior o nível de poluição, portanto, dê preferência para ruas paralelas com menor tráfego.
  • Fuja dos veículos!
  • Evite ruas movimentadas com construções altas: a poluição tende a ficar retida em ruas com prédios altos localizados em ambos os lados.
  • Verifique a previsão do tempo: a poluição do ar tende a ser maior em dias quentes e ensolarados e mais limpo em dias chuvosos e com vento.
  • Evite exercitar-se em períodos de trânsito intenso.
  • Procure colaborar com a diminuição da poluição da sua cidade escolhendo meios de deslocamento que provoquem menor emissão de gases poluentes.Caminhadas, bicicletas e transportes públicos são boas opções.

 

Importante: estas orientações não visam restringir a prática, mas oferecer alternativas mais saudáveis. Mesmo que não seja possível adotar estas orientações, ainda assim, recomenda-se dos exercícios nas grandes cidades.

 

Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia.

Disponível em:

http://sbpt.org.br/wp-content/uploads/2016/05/Poluicao_atividade_fisica_2016_UbiratanSantos.pdf

 

Comments

comments